Skip to main content

Administração e Escritório

Nessa categoria nós colocamos temas de DDS voltados para área administrativa e escritório.

Últimos posts em Administração e Escritório

admin ajax.php?action=kernel&p=image&src=file%3Dwp content%252Fuploads%252F2012%252F11%252Facredite no seu sonho nao existe impossivel

Acredite no seu sonho. Não existe impossível

23/11/2012 | Herbert Bento
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
Bom dia turma! Obrigado por estarem aqui, em mais uma palestra de DDS. Sabemos que para mantermos a segurança em nosso trabalho, devemos seguir as orientações da área de segurança e também do técnico de segurança. Mas, sabemos também que o lado psicológico é muito relevante, quando se trata de prevenção. Por isso, hoje vamos trabalhar o lado psicológico. Todos nós temos os nossos sonhos, as nossas ambições. Mas muitas vezes, quando compartilhamos nossos sonhos com os outros, ouvimos frases como:
  • como você vai fazer isso
  • olhe para você, você não vai conseguir
  • isso é impossível
As pessoas que falam essas frases para nós, não necessariamente, estão sendo maldosas ou desejam que não realizemos nossos sonhos. Na maior parte das vezes, correr atrás do que queremos envolve riscos, às vezes riscos elevados. Pode ser que as pessoas que disseram essas frases para nós estivessem dizendo: cuidado, olhe os riscos que você vai correr. De qualquer forma, cabe a cada um de nós decidir o que vamos fazer em nossas vidas e a mais ninguém. Cada um de nós deveria saber o que quer alcançar. Você quer fazer uma faculdade? Se formar em TST e conseguir o primeiro emprego? Quer constituir uma família? Quer ser empreendedor? Qualquer que seja o seu sonho, cabe a você decidir se vai lutar por ele ou não. Agora, o mais importante é ter em mente que riscos existirão no caminho, e conhecê-los é bom.
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
Então, se você quer alcançar seus objetivos, você precisará estar vivo e saudável, certo? Pois bem, então tenha em mente que a prevenção é o primeiro passo. Mantenha-se seguro no seu ambiente de trabalho, pois é isso que vai garantir sua vida e saúde. E é com vida e saúde que você vai alcançar seus objetivos. E para mostrar um exemplo de alcançar o que parece impossível, deixo aqui um vídeo onde um modesto animal, um cachorro realiza um grande feito, que muitos apostariam dizer: “ah, isso é impossível”. Clique para assistir. Bom dia de trabalho para todos !
admin ajax.php?action=kernel&p=image&src=file%3Dwp content%252Fuploads%252F2012%252F10%252Fsonhar e preciso

Sonhar é preciso !

16/10/2012 | Herbert Bento
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
Quando crianças sonhamos no que queremos ser quando crescer, muitas coisas passam pela mente fértil de uma criança. Conforme vai crescendo há um dom vocacional que desperta o jovem a aquilo que irá escolher como uma profissão e o que irá se dedicar em sua vida laboral. Para qualquer sonho, objetivo ou meta estipulada para sua vida há uma receita essencial que o levará ao sucesso. A primeira delas é a DEDICAÇÃO, começa quando nasce o desejo de fazer alguma coisa, a dedicação se torna fundamental para que se prossiga no objetivo. Pesquisar a respeito, conhecer o que procura, conversar com pessoas que já passaram por tais experiências e se dedicar a alcançar o objetivo. A segunda e prioritária é a MOTIVAÇÃO, essa é uma palavra chave para que o seu objetivo prossiga, pois não adianta ter tudo ao alcance, se não tiver motivação, cai tudo por terra. A motivação é o combustível que fará com que você acorde todos os dias com o intuito de continuar a sua trajetória. Há três classes de pessoas que sonham: – aqueles que começam o seu trajeto, mas desistem no início ou no meio do caminho; – aqueles que chegam a determinado patamar e se acomodam, o famoso “tá bom” e ficam estagnados, convencidos e satisfeitos até onde chegaram; – e por último, aqueles que se convencem que podem sempre fazer o melhor e chegar a patamares mais altos, fazendo a diferença por onde passam.
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
O pior inimigo do sucesso é o “tá bom”, (já fiz o que me foi pedido, todo mundo fez assim, porque eu vou fazer diferente, já alcancei minha meta, vou parar por aqui). Em Mateus 5:41 diz: “E, se qualquer te obrigar a caminhar uma milha, vai com ele duas.”, ou seja, podemos e devemos sempre fazer mais e melhor, somos dotados de uma capacidade incrível, por mais que tentam ninguém consegue imitar a capacidade humana de raciocínio. Muitos dizem que é tarde para sonhar, realizar, mas isso não se restringe a idade, classe social ou lugar. O erro de muitas pessoas é querer se realizar nos outros, ou seja, os pais quererem que os filhos sejam o que eles não foram. Isso é frustrante para todas as partes, pois cada um deve ser o que quer ser e não se realizar no outro, pois não há limite. Enquanto há vida, há possibilidade de realizar todas as coisas, ter dedicação e motivação para prosseguir em sua realização. Cada ser humano é criado com dom diferente, o talento até pode ser igual, mas cada um tem o seu jeito de realizar, é como o dna, ninguém tem igual, por isso o “jeitinho” especial de cada um deve ser acrescentado em seu talento, nunca se subestime, pois o que você tem ninguém mais terá. Dois anelos são importantes, quando se é jovem há toda uma energia imputada nesse sonho, pois há mais vigor, quando mais tarde há a maturidade que a própria experiência traz fazendo com que as escolhas sejam as mais sábias possíveis. Muitos dizem que gostariam de ter a idade menor, porém com a maturidade da idade atual. O importante é, nunca pare de sonhar, a tempo de realizar todas as coisas e ser feliz!
admin ajax.php?action=kernel&p=image&src=file%3Dwp content%252Fuploads%252F2012%252F08%252Frelacionamento interpessoal o que e isso

Relacionamento interpessoal, o que é isso?

29/08/2012 | Herbert Bento
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
Durante o período de trabalho, as pessoas se veem diante das mais diversas situações. Para saber como lidar com cada uma delas, é necessário que haja um convívio com os demais. Daí surge um conceito denominado “relacionamento interpessoal”. Quando nos relacionamos com uma ou mais pessoas, estamos promovendo o relacionamento interpessoal. Esses relacionamentos são movidos por emoções, atitudes, sentimentos, etc. De acordo com o grupo no qual nos encontramos, nos portamos de diferentes formas. Por exemplo, em família, no trabalho, com os amigos, etc. Portanto, um dos fatores que serve de impulso para a carreira é a forma pela qual os relacionamentos se realizam. Quando existe comprometimento na realização das atividades, o sucesso profissional aparece como consequência das ações realizadas. Antigamente o mercado de trabalho visava basicamente às habilidades técnicas, a prática, o tempo de trabalho, etc. Hoje ganhou-se espaço para as habilidades comportamentais de flexibilidade, inteligência emocional, criatividade, pró-atividade, dentre outras. Não basta que alguém seja um excelente profissional sem que possua a percepção de que cada pessoa é única e que deve haver respeito em relação às diferenças de cada um. A forma de agir e pensar tem influência direta nos relacionamentos no ambiente de trabalho. Por exemplo: quando uma pessoa vai trabalhar mau humorada, sem motivação, desconcentrada, aquele que costumava ser um ambiente sadio acaba contaminado pelas energias negativas provenientes dessa pessoa. Mas, se ao invés disso, houver a instauração de um clima harmônico, positivo, onde o respeito às diferenças predomina, o ambiente se tornará sadio, propício ao desenvolvimento de atividades. E como fazer para manter a saúde do ambiente de trabalho? A base de tudo está no respeito e na responsabilidade individual. Antes de haver comunicação com as outras pessoas, é essencial que cada um saiba quais são suas qualidades e defeitos, para que possa, em conjunto com os demais, unir forças em prol do bom desenvolvimento do trabalho. Antes costumava-se dizer que “os problemas pessoais ficam da porta pra fora, na empresa todos são profissionais”. Porém, hoje o mercado já reconhece que os trabalhadores são seres humanos, e como tais, possuem sentimentos e emoções, e que os relacionamentos interpessoais são baseados nessas características. Portanto, o autoconhecimento (conhecimento pessoal) deve ser trabalhado diariamente, para que o trabalhador seja capaz de assumir o controle de suas emoções, não deixando que estas o afetem durante a jornada de trabalho.
(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
Vejamos então algumas dicas para melhorar o relacionamento interpessoal: – Desenvolvimento de espírito de cooperação e trabalhos em equipe; – Realização de pesquisas periódicas de clima organizacional; – Manter um canal de comunicação aberto com a equipe, para minimizar tensões acerca dos relacionamentos; – Desenvolvimento de gestão participativa; – Desenvolvimento de diálogos francos com todos os membros da equipe, facilitando o feedback (resposta); – Respeitar as diversidades pessoais e culturais; – Estabelecer um clima de confiança entre os membros da equipe. Nunca se esqueça que, para aprender a lidar com outras pessoas, é essencial que aprenda a lidar com você mesmo. O crescimento profissional é baseado em relacionamentos. Relacione-se bem, para conseguir vencer na vida!
admin ajax.php?action=kernel&p=image&src=file%3Dwp content%252Fuploads%252F2012%252F07%252Fadministracao e escritorio conheca o plansat plano nacional de seguranca e saude no trabalho

Conheça o PLANSAT. Plano Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho

09/07/2012 | Herbert Bento

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
É uma vitória para todos os profissionais da área de segurança no trabalho, finalmente foi elaborado e aprovado uma política abrangente sobre a segurança e saúde no trabalho, objetivando a prevenção e promoção da saúde em todas as esferas e segmentos de trabalho. O PLANSAT – Plano Nacional de Saúde e Segurança no Trabalho, foi lançado dia 27 de abril de 2012, pelos ministérios da Previdência Social, Saúde e Trabalho e Emprego, durante as comemorações do Dia Mundial de Segurança e Saúde no Trabalho, em Brasília, DF. O plano foi elaborado pela Comissão Tripartite de Saúde e Segurança no Trabalho (CTSST), que conta com representantes do Governo, dos empregadores e dos trabalhadores. O PLANSAT teve origem na Política Nacional de Segurança e Saúde do Trabalho (PNSST), instituída pelo Decreto nº 7.602 de 7 de novembro de 2011. Esta política tem por objetivo prevenir acidentes e doenças relacionados ao trabalho por meio da redução dos riscos à saúde existentes nos ambientes de trabalho, promovida pela Organização Internacional do Trabalho – OIT em sua convenção na 9ª reunião. A partir de sua 13ª reunião, a CTSST passou a discutir a formulação do PLANSAT, propondo as estratégias e ações a serem desenvolvidas para cada uma das diretrizes da PNSST. O PLANSAT nada mais é, do que as ações da PNSST. O download da cartilha está sendo disponibilizado para todas as entidades e profissionais interessados. XXXXXXXX Decreto nº 7.602 de 7 de novembro de 2011 – dispõe sobre a Política Nacional de Segurança e Saúde no Trabalho. Objetivo e Princípios A PNSST tem por objetivos a promoção da saúde e a melhoria da qualidade de vida do trabalhador e a prevenção de acidentes e de danos à saúde advindos, relacionados ao trabalho ou que ocorram no curso dele, por meio da eliminação ou redução dos riscos nos ambientes de trabalho. A PNSST tem por princípios: a. Universalidade; b. Prevenção; c. Precedência das ações de promoção, proteção e prevenção sobre as de assistência, reabilitação e reparação; d. Diálogo social; e e. Integralidade; Para o alcance de seu objetivo a PNSST deverá ser implementada por meio da articulação continuada das ações de governo e no campo das relações de trabalho, produção, consumo, ambiente e saúde, com a participação voluntária das organizações representativas de trabalhadores e empregadores; Diretrizes

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
São responsáveis pela implementação e execução da PNSST os Ministérios do Trabalho e Emprego, da Saúde e da Previdência Social, sem prejuízo da participação de outros órgãos e instituições que atuem na área do Ministério do Trabalho e Emprego, Ministério da Saúde e Ministério da Previdência Social. Gestão A gestão participativa da PNSST cabe à Comissão Tripartite de Saúde e Segurança no Trabalho que é constituída paritariamente por representantes do governo, trabalhadores e empregadores, conforme ato conjunto dos Ministros de Estado do Trabalho e Emprego, da Saúde e da Previdência Social. A gestão executiva da política será conduzida por Comitê Executivo constituído pelos Ministérios do Trabalho e Emprego, da Saúde e da Previdência Social. Objetivos do PNSST • Inclusão de todos os trabalhadores brasileiros no sistema nacional de promoção e proteção da segurança e saúde no trabalho; • Harmonização da legislação trabalhista, sanitária, previdenciária e outras que se relacionem com saúde e segurança no trabalho; • Integração das ações governamentais de SST; • Adoção de medidas especiais para atividades laborais submetidas a alta risco de doenças e acidentes de trabalho; • Estruturação de uma rede integrada de informações em SST; • Implementação de sistemas de gestão de SST nos setores públicos e privado; • Capacitação e educação continuada em SST; • Criação de uma agenda integrada de estudos e pesquisas em SST; Agora cabe aos profissionais da área de saúde e segurança no trabalho conhecer e implantar a nova política e plano, para um ambiente de trabalho mais seguro, saudável e íntegro.
admin ajax.php?action=kernel&p=image&src=file%3Dwp content%252Fuploads%252F2012%252F07%252Fadministracao e escritorio preconceito e crime sabia

Preconceito é crime, sabia?

05/07/2012 | Herbert Bento

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
De acordo com a Lei N° 9.459: “Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional” e ainda “Praticar, induzir, ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”. A pena é de um a três anos de reclusão e multa. Ou seja, preconceito é crime! Preconceito nada mais é do que uma ideia ou conceito formado antecipadamente e sem fundamento sério ou imparcial. Quer dizer, pode ser caracterizado como um juízo preconcebido, geralmente manifestado na forma de atitude discriminatória perante pessoas, lugares, tradições, crenças, etc. A formação do preconceito é baseada em três componentes: crenças, sentimentos e tendências comportamentais. O ponto de partida costuma ser o estereótipo, ou seja, uma ideia, conceito ou modelo que se estabelece como padrão. É cultivado quando uma imagem de determinadas pessoas, coisas ou situações são preconcebidas, definindo e limitando pessoas ou grupos de pessoas na sociedade. Vamos então entender quais são os tipos de preconceitos existentes: – Preconceito Racial (Racismo): É uma forma de pensar que acredita na existência de raças humanas distintas e superiores umas às outras. É um conjunto de opiniões formadas a partir de um estereótipo valorizando as diferenças entre os seres humanos. Dados históricos sobre racismo compreendem desde a época da escravidão até os dias atuais. Uma das formas de racismo mais conhecida é o pensamento de que os negros seriam de uma raça inferior, e, portanto menos inteligente que a dos brancos. – Preconceito Social: Nesse caso, as pessoas acreditam que as classes mais inferiores são piores, por possuírem menos bens que as superiores. Está diretamente relacionado ao poder aquisitivo, ao acesso a renda, a posição social, ao nível de escolaridade, ao padrão de vida, etc. – Preconceito Quanto a Orientação Sexual (Homofobia): Está na Constituição Brasileira que “todos são iguais perante a Lei”, ou seja, o fato de alguém optar por amar outra pessoa do mesmo sexo não diz respeito a mais ninguém que aos envolvidos. Homofóbico é aquele que demonstra várias atitudes e sentimentos negativos em relação a gays (homens ou mulheres), bissexuais, transexuais, etc. Assim como o racismo e outras formas de preconceito, a homofobia procura desumanizar um grupo de pessoas negando sua dignidade e opção pessoal. É um crime de violação dos direitos humanos. – Preconceito Contra Deficientes: O maior problema nesse caso é a falta de conhecimento da população em relação aos problemas que a pessoa com deficiência possa apresentar. E a ignorância não compreende somente os mais pobres, mas também (e em muitos casos) aqueles com maior poder aquisitivo. Muitas vezes, o deficiente é visto como uma pessoa com limitações, incapaz, e daí surge o sentimento de negação em relação a ele. A sociedade como um todo não olha para o deficiente pelo que ele é (como pessoa), mas sim pelo que tem ou não tem. Uma pessoa deficiente, de acordo com suas possibilidades, é tão ou mais capaz do que muitos ditos “perfeitos” de realizar alguma atividade, seja ela física ou mental.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
– Preconceito Religioso: Um dos mais encontrados é esse tipo de preconceito. Pessoas que simplesmente não toleram outra religião que não a sua, e por isso, agem com extrema intolerância em relação à fé alheia. – Bullyng: É um termo em inglês usado para descrever atos de violência física ou psicológica, intencionais e repetidos, praticados por uma ou várias pessoas, causando dor e angústia, sendo executados em uma relação desigual de poder. Resumindo, é aquela famosa brincadeira sem graça, que para quem faz pode até parecer inocente, mas para quem sofre, causa sérios problemas psicológicos. Preconceito é preconceito em qualquer lugar, seja em casa, na escola, na rua, no local de trabalho, etc. No ambiente de trabalho, pode causar sérios problemas entre os trabalhadores. Algumas dicas podem ser bem úteis para amenizar problemas desse tipo: – Promoção de campanhas e palestras informativas; – Estímulos à convivência entre diferentes tipos de pessoas; – Criação de dinâmicas em grupo para aumentar as afinidades entre as pessoas; – Disponibilização de auxílio (psicológico e judicial), etc. A base para as mudanças do mundo está na educação. Com o conhecimento adequado, preconceitos e outros tipos de intolerâncias e injustiças acabarão. Dois ditados exemplificam em essa situação: – “É preciso respeitar para ser respeitado” – “Não faça com o outro o que não gostaria que fizessem com você” Pense e reflita! Preconceito é crime, e não vale a pena!
admin ajax.php?action=kernel&p=image&src=file%3Dwp content%252Fuploads%252F2012%252F06%252Fadministracao e escritorio dicas para criar um bom ambiente de trabalho

14 Dicas para criar um bom ambiente de trabalho

25/06/2012 | Herbert Bento

Em uma organização por menor que seja, o capital mais importante é o humano. São pessoas de várias culturas, tradições, formações, gênios e educação.

A comunicação é fator fundamental para o relacionamento e desenvolvimento das atividades da empresa. É importante respeitar as diferenças existentes nesse ambiente que muitas vezes passamos mais tempo do que com os próprios familiares.

Também é muito comum encontrar divergências, diferenças que fazem o funcionário ser menos produtivo por se preocupar mais com o outro do que com o seu trabalho.

O ambiente corporativo funciona como uma engrenagem, se uma falhar todo o processo estará comprometido prejudicando o produto final da atividade.

Em relação à segurança e meio ambiente é de suma importância que além do respeito das normas e padrões da empresa é importante respeitar o próximo, não colocando a vida dele, da empresa e a sua em perigo. A comunicação entra como fator importante para que a informação seja disseminada.

Se o funcionário respeita seu local de trabalho automaticamente respeitará as normas e o próximo como a si mesmo.

Ter um ambiente de trabalho salubre é ter harmonia em tudo o que faz e cuidar dos demais funcionários, seja quando entra um novato em seu acompanhando e ensinando o que é necessário para praticar sua atividade. Seja com aquele que está desatento e alertá-lo para o perigo, ou seja com aquele que irá trocar experiências no dia a dia.

É muito bom fazer parte de um ambiente que nos fornece alegria de trabalhar, de colaborar e poder entregar de alguma forma um pouco do que pode oferecer.

Vejam as 14 dicas para criar um bom ambiente de trabalho:

• Seja cordial com todos

• Respeite seu próximo

• Chame-o pelo nome

• Fale as palavras mágicas: por favor, obrigado

• Respeite as normas internas

• Não faça acepção de pessoas

• Colabore com o que puder

• Acredite no ser humano

• Faça o seu melhor

• Não olhe para os defeitos dos outros, corrija os seus

• Participe ativamente dos interesses da organização

• Estude – o aperfeiçoamento é o melhor caminho

• Bom dia, boa tarde e boa noite, é sempre bem-vindo

• Vá além do que esperam de você em todos os sentidos

Passamos geralmente a maior parte do nosso dia no ambiente de trabalho, este deve ser aquele que irá de alguma forma te promover na vida, seja profissional, econômico ou pessoalmente.

Cada um é importante naquilo que faz, se um falhar toda a engrenagem será prejudicada e o resultado final que está sendo esperado será certamente frustrante a todos.

Vá para o local de trabalho como um lugar de promoção e não simplesmente de bater o cartão, fazer todos os dias a mesma coisa e voltar para casa.

Que este seja uma mola propulsora em sua vida, você colaborando com a empresa, com as normas e com os demais colegas de trabalho e que a empresa seja um canal de engrandecimento, valorizando o capital humano, capacitando-o e moldando para a formação de um grande cidadão.

Com a participação de cada um o respeito é multiplicado e cada vez mais terá um ambiente salubre em todas as instâncias. Participe.

admin ajax.php?action=kernel&p=image&src=file%3Dwp content%252Fuploads%252F2012%252F06%252Fadministracao e escritorio cuidado com a higiene em bebedouros

Cuidado com a higiene em bebedouros

07/06/2012 | Herbert Bento

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
A água é um fator imprescindível para a sobrevivência humana e de qualquer ser vivo. Através dela, é realizada a manutenção do nosso sistema fisiológico. Esse líquido tão agradável faz saciar a sede, serve para tantas outras coisas, higiene, como o banho, para a preparação de alimentos, lavagem de roupa, em vários sistemas industriais, enfim, a água é extremamente importante na terra. Na questão de saciar a sede, deve-se tomar cuidado onde e como essa água é ingerida. De acordo com o Ministério da Saúde, através da portaria 1469/00 Padrão de potabilidade, a água deve ser livre de coliformes fecais e totais. Embora não seja possível visualizar bactérias, micro-organismos, vírus, protozoários, esses se encontram em bebedouros. Dificilmente é possível ver a higienização desses ambientes. Note o bebedouro que usa e verifique se não há limo, acúmulo de água parada, que é um ótimo lugar para proliferação de bactérias, se animais tem contato, principalmente se for em áreas públicas, como parques por exemplo, se não há restos de alimentos, se pessoas não utilizam para lavar outras coisas. Não apenas o local deve ser avaliado, mas, também outro fator importante é a qualidade da água. Se o reservatório é limpo, se há inspeção ou lavagem a cada seis meses. Se o sistema de tratamento está sendo eficaz. É possível evitar a contaminação dos funcionários, pois a ingestão de água contaminada pode gerar uma epidemia dentro da organização, desencadear diversos problemas, cada um reage de maneira diferente como resposta a ingestão de um alimento ou água contaminada. Um sistema imunológico baixo frente a uma situação desse gênero pode até causar a morte. Higiene em bebedouros Portanto, tome alguns cuidados ao usar esse tipo de equipamento. ➢ Evite tomar água com as mãos sujas ➢ Não encoste a boca nos dispositivos ➢ Não aproxime animais dos bebedouros ➢ Opte por usar seu copo ou squeeze ➢ Não lave objetos no bebedouro ➢ Verifique se está ligado na tomada ➢ Verifique se não está entupido ➢ Zele pela limpeza ➢ Verifique se a saída de água está enferrujada Oriente principalmente as crianças ao manuseio em bebedouros, como usar e para não brincar.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
A manutenção é importante, pois é muito fácil encontrar bebedouros que estão vazando água o tempo todo. Além do desperdício a proliferação de bactérias é mais propicia e se for em lugar aberto, é um chamariz para animais voadores pousarem para beber a água, contaminando com suas patas, fezes ou protozoários. A higiene em bebedouros deve ser constante, no momento da troca de galão, usar de asepxia, higienizar as mãos ao trocar o galão, não deixar o bebedouro vazio e aberto, essa exposição gera bactérias e contaminação da água. Lavar bem as torneiras ou bicos dos bebedouros, onde há maior contato dos usuários. Cuidado, ao sentir mau cheiro ou gosto na água, isso é sinal de contaminação. Se usar galão, verifique a validade do frasco, atualmente foi aprovada uma lei que dita o uso do galão por três anos. Conheça seu fornecedor, como é o armazenamento desse galão na distribuidora e em sua empresa. Cuide de sua saúde e a dos demais. Use de forma consciente os bebedouros e exija a devida limpeza para evitar assim contaminação e doenças provenientes de água contaminada.