Espaços Confinados são locais perigosos, impróprios para a presença do ser humano. Nesses ambientes o risco de vida é real. Muitas vezes os perigos existentes em um espaço confinado não podem ser detectados pelos sentidos do ser humano, como o olfato ou a visão.

Espaços confinados são locais que não foram feitos para a ocupação humana. A entrada e saída desses locais é difícil e a ventilação é inexistente ou precária.

Exemplos de espaços confinados são os silos, tubulações, tanques, galerias, etc.

O assunto é tão sério que existe até uma norma emitida pelo Ministério do Trabalho: é a norma regulamentadora 33, ou simplesmente NR 33.

Essa norma estabelece que a empresa é responsável por administrar os espaços confinados dentro de suas instalações, devendo identificá-los e analisar os riscos de todos esses espaços, tomando medidas para garantir a segurança e saúde dos trabalhadores.

Perigo Espaço Confinado NR 33

Além disso, a NR 33 estabelece que os profissionais que trabalham nos espaços confinados (sejam aqueles que entram ou aqueles que monitoram pelo lado de fora) devem receber de 8 a 40 horas de treinamento, dependendo da função. A norma estabele inclusive qual deve ser o treinamento de formação desses profissionais.

Portanto, a mensagem que desejo passar para você é: fique longe de espaços confinados.

A imagem à esquerda mostra uma sinalização obrigatória nas entradas dos espaços confinados. Está escrito com todas as letras: risco de morte. Então, preserve a sua vida. Não deixe a sua vida entrar pelo buraco.

VÍDEO BÔNUS

Dê play no vídeo abaixo e assista:


Herbert Bento
Herbert Bento

O DDS Online é referência no ramo de diálogos de segurança do trabalho. Sua missão é compartilhar as boas práticas de trabalho para que os brasileiros possam voltar sadios para suas famílias depois de um dia de serviço! Me siga no Instagram e receba mais conteúdos sobre SST.