Nesse DDS vamos falar sobre como solventes, seus riscos e como evitar acidentes.

Exemplos de solventes

Já viu quando um mecânico de automóvel usa gasolina para limpar as mãos que estão sujas de graxa?

Ele está usando a gasolina como solvente, ou seja, a gasolina vai dissolver a graxa retirando-a de suas mãos.

Mas a gasolina é muito tóxica.

Há diversos outros tão ou até mais tóxicos do que a gasolina.

Quando falamos do uso dos solventes para atividades durante o trabalho, geralmente, falamos do uso de alguns produtos muito tóxicos.

Vejamos alguns exemplos: além da gasolina que já falamos, temos o óleo diesel, o querosene, o tolueno, o thinner, o benzeno, o clorofórmio, éter, acetona, entre tantos outros.

Esses solventes podem ser encontrados puros em frascos que devem ter no seu rótulo diversas informações de segurança.

Podem também ser encontrados na formulação de outros produtos.

Por exemplo, na construção civil, podemos citar o caso das tintas, que possuem solventes em sua fórmula.

Todas essas substâncias fazem muito mal para saúde. São perigosos por dois motivos.

Primeiro, porque evaporam facilmente, ou seja, você irá respirar os vapores tóxicos que se desprendem do líquido.

Segundo porque são inflamáveis, ou seja, pegam fogo.

Para que servem os solventes?

Há muitos usos tanto no trabalho quanto em casa.

Vejamos algumas lugares onde encontramos solventes: esmalte de unhas, tintas, vernizes, colas, extintores de incêndio, aerossóis, combustíveis, etc.

Por serem tão comuns e tão usados, é muito fácil comprá-los facilmente.

E por isso, devemos tomar cuidado, especialmente em casa, para não deixar esses produtos em locais inapropriados.

Acidentes mais comuns

Além de serem tóxicos, os solventes também são inflamáveis.

Você sabe que vapores de gasolina, quando em contato com fogo ou faísca, pode causar explosões.

Então sempre lembre-se disso: solventes são inflamáveis.

Todos os solventes que falamos anteriormente, são “primos” da gasolina, portanto, são inflamáveis também.

Além disso, como já dissemos, se você respirar muito vapor de solvente, poderá passar mal ou até sofrer doenças sérias.

Poderá sentir fraquezas ou náuseas se respirados.

Caso haja contato com a pele, poderá sofrer irritações e inflamações, dependendo do tipo do solvente e da quantidade também.

Caso seja respirado em maior quantidade e se isso for um hábito do trabalhador, ou seja, respira solventes durante semanas, meses ou anos, poderá ter doenças graves como hepatite, anemia e até câncer.

E, se você tiver o péssimo hábito de beber água ou se alimentar em locais inapropriados, com a presença dessas substâncias, correrá o risco de se contaminar através do estômago, o que é ainda mais grave.

Já falaremos de como evitar que isso aconteça.

Como prevenir os riscos?

Como os solventes são muito perigosos, existe uma norma técnica que determina que todos os frascos contendo solventes devem possuir:

1) Identificação do produto químico;

2) Os riscos durante o manuseio;

3) Medidas de primeiros socorros e incêndios;

4) Como manusear, transportar e armazenar;

5) Informações toxicológicas e ecológicas;

6) Limites de exposição de trabalhadores;

7) Recomendação do EPI apropriado.

Exemplo de pictograma de solvente

Já no ambiente de trabalho, é importante seguir as seguintes medidas:

1) Garantir que o local seja bem ventilado

2) Garantir que o local seja protegidos de calor e também livre de fontes de ignição (incluindo placas de PROIBIDO FUMAR)

3) Usar EPI apropriados como máscara para vapores orgânicos e luvas de PVC

Agora que vocês já sabem o que são solventes e seus riscos, conversem entre vocês.

Será que existem solventes sendo usados na empresa ?

Onde eles ficam ?

Já houve casos de acidentes na empresa ?

Se sim, como poderiam ter sido evitados ?

O DDS é um diálogo, por isso é muito importante ao final, “trocar idéia” com os trabalhadores e aplicar a situações práticas da empresa.

Que tal receber gratuitamente no seu email temas de DDS iguais a esse?

Clique aqui para se cadastrar.


Herbert Bento
Herbert Bento

O DDS Online foi fundado em 2009 e tornou-se referência no ramo de diálogos de segurança do trabalho. A missão do DDS Online é compartilhar as boas práticas de trabalho para que os brasileiros possam voltar sadios para suas famílias depois de um dia de serviço!