Resumo das NRs - Normas Regulamentadoras

NR 23 - Proteção contra Incêndios

Bem como a área de segurança no trabalho a proteção contra incêndios é bem recente. Eventos muito marcantes como os incêndios nos edifícios Joelma e Andraus em São Paulo em cerca de quatro décadas, marcaram nossa história como as maiores tragédias em relação a incêndio, onde não existia plano de abandono, extintores suficientes e treinamento. Dois edifícios muito grandes com grande concentração de pessoas, gerando muitas mortes e diversos feridos.

Com grande repercussão essas duas tragédias atraíram mais atenção de autoridades para esse assunto tão relevante causando a mobilidade para que providências fossem tomadas no sentido da prevenção e proteção contra incêndio. Portanto, recentemente foram criadas e implantadas várias instruções normativas, políticas organizacionais, treinamentos, brigadas de incêndio, sinalização, simulações entre outras técnicas.

Um incêndio começa em pequena proporção, ou seja, em um foco onde ainda pode ser combatido, tendo os elementos necessários para o fogo continuar, ele se transforma em um incêndio de grandes proporções, onde o que deve ser feito é apenas o combate pelo corpo de bombeiros.

O fogo é um processo químico de transformação. Podemos também defini-lo como o resultado de uma reação química que desprende luz e calor devido à combustão de materiais diversos.

Os elementos que compõem o fogo são combustível, comburente (oxigênio), calor e a reação em cadeia, ou seja, se um desses elementos for retirado desse evento, há grande possibilidade do fogo ser extinto em pouco tempo, pois não haverá a combinação que forma o tetraedro do fogo que sustenta a sua combustão.

A NR 23 trata de sistemas de proteção contra incêndios que todas as empresas devem possuir como medida preventiva e de segurança, para que, caso haja um incêndio a edificação e as pessoas responsáveis tenham condições de proporcionar suporte até que o foco seja combatido ou até que chegue ajuda do corpo de bombeiros, protegendo ao máximo a integridade da edificação e também de seus ocupantes.

Isso proporcionou grande mudança nas empresas que tiveram que se adequar ao sistema de proteção, a estrutura da edificação teve que ser alterada, o pessoal interno teve que ser devidamente treinado, é importantíssimo que simulações de abandono de área sejam realizadas, principalmente se for edificação de grande movimentação de pessoas e também sinalizadores.

Depois de feitas as mudanças ou até mesmo abertura de uma nova edificação, a mesma deverá se submeter ao AVCB que é o documento Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros certificando que, durante a vistoria, a edificação possuía as condições de segurança contra incêndio (é um conjunto de medidas estruturais, técnicas e organizacionais integradas para garantir a edificação um nível ótimo de proteção no segmento de segurança contra incêndios e pânico), previstas pela legislação e constantes no processo, estabelecendo um período de revalidação.

Em que casos é obrigatório o A.V.C.B.

I – construção e reforma;

II – mudança da ocupação ou uso;

III – ampliação da área construída;

IV – regularização das edificações e áreas de risco;

V - construções provisórias (circos, eventos, etc.).

Em que casos não é obrigatório o A.V.C.B.

I - residências exclusivamente unifamiliares;

II - residências exclusivamente unifamiliares localizadas no pavimento superior de ocupação mista, com até dois pavimentos e que possuam acessos independente.

Com esse suporte e mais a NR 23 entre outros procedimentos é possível conscientizar as pessoas, adequar a edificação, atender as legislações, proteger o meio ambiente e preservar vidas, que é o mais precioso, para que outras tragédias de pequeno, médio ou grande porte não aconteçam novamente causando prejuízos à vida e as estruturas.

Obrigado por comentar.

Comentários   

 
Joao dos S.Bezerra
+1 #23 Joao dos S.Bezerra 22-03-2013 02:05
Muito bom! Os temas de DDS teem sido um referencial pra enriquecimento e meu conhecimento profissional. Amei este tema NR-23,bem redigido!! Que Deus abençoe a todos vocês.
 
 
Ednaldo Lima Porto
+1 #22 Ednaldo Lima Porto 21-03-2013 18:50
Boa tarde,

Pessoal, vocês estão de parabéns, constantemente leio as dicas dos DDS, e eles são muito bons.
Sou formado mas, mesmo assim ele me ajuda e em muito, mais uma vez parabéns.

Sem mais,

Ednaldo Lima Porto.

Técnico em Segurança do Trabalho.
Bombeiro Civil,
Bacharel em Administração,
Latu Sensu em SGI: Qualidade, Meio Ambiente, Segurança do Trabalho e Responsabilidad e Social.
 
 
Jordao Cruz
0 #21 Jordao Cruz 21-03-2013 17:57
Boa tarde!!!! Estar me ajudando muito na minha formação de TST. Valeu!!!
 
 
Leandro Gomes
0 #20 Leandro Gomes 21-03-2013 17:20
Citando Gilmar França:
OBS:Estes jovens da boate do terror forão vitimas de empresarios gananciosos e segurancas mediocres .........Na minha opinião todos estes safados tem que ser punidos imediatamente.principalmente este cantor que prefiro não mecionar o nome...que Deus nos ilumine em meio as trevas....

os jovens foram vitimas sim, mas eles tambem não procuraram saber das condições do local onde foram festar(sei que isso nao justifica) e que nem era deles a responsabilidad e, mas falta muita consciencia a toda a juventude.
 
 
Cristiani Cordeiro
0 #19 Cristiani Cordeiro 06-02-2013 13:52
Mt bom esse tema.. Mas o Brasileiro e assim, so aprende depois que uma tragedia desse jeito acontece, agora dps desse episodio, quantas boates, cinemas, bares e restaurantes ja foram vistoriados e chegados, por nao estarem regulares e por falta de extintor, ou extintor errado, falta de alvará de funcionamento...
Mais adorei esse DDs.
 
 
thomaz
+1 #18 thomaz 04-02-2013 11:16
Gente vamos melhorar nossa ortográfia e feio para um técnico escrever errado.
 
 
jorge peixoto
0 #17 jorge peixoto 31-01-2013 15:32
Gostei muito deste tema.Quero fazer uma comentário eu acho que na tragédia , de Santa Maria o maior culpado e o poder publico,por fazer pouco caso não há fiscalização das autoridades .
 
 
Gilmar França
0 #16 Gilmar França 29-01-2013 17:58
OBS:Estes jovens da boate do terror forão vitimas de empresarios gananciosos e segurancas mediocres .........Na minha opinião todos estes safados tem que ser punidos imediatamente.p rincipalmente este cantor que prefiro não mecionar o nome...que Deus nos ilumine em meio as trevas....
 
 
cinthia
+5 #15 cinthia 29-01-2013 13:34
A principal lei que deveria ser cumprida é a própria de fazer-se cumprir as leis no Brasil. :sad:
 
 
Rodrigo lopes
0 #14 Rodrigo lopes 29-01-2013 10:42
Lamentavel esse fato, Mas é culpa das autoridades governamentais que não dar condições e nem se importam com os profissionais da área, Pois temos milhares de técnicos em SST e bombeiros civis que busca uma oportunidade de reconhecimento e o governo não ta nem ai... Um abraço a todos e que Deus dê o conforto necessário aos pais desses jovens e adolecestes que não conseguiram realizar o sonho de se formarem.
 
 
Edwilson Martinez Pa
+2 #13 Edwilson Martinez Pa 29-01-2013 01:43
:lol: Ola boa noite, estou fasendo estágio em uma construtora civil com 30 anos no mercado, esta sendo muito gratificante e acresentador para a minha formação.
Estou mutio feliz com as dicas do dds onlaine que estou resebendo diariamente, estão sendo de grande valia, gostaria de reseber dicas de dds da area civil se possivel, desde já grato pela atenção, um abraço.
 
 
Marcio Lima
-1 #12 Marcio Lima 28-01-2013 22:24
10 - Que Deus nos ilumine!Marcio Lima – Espirito Santo do Pinhal, SP, 28 de janeiro de 2013.
 
 
weverson Castro
0 #11 weverson Castro 28-01-2013 19:36
Só lamentamos, tantos jovens ceifaram, tanto sofrimento dos amigos e parentes destas vitimas,O Brasil esta de luto...,passou da hora de termos uma politica de Segurança,mais séria,eficaz e rigida,através do proprio ,Corpo de Bombeiro,Minist ério do Trabalho, e as autoridades competentes.
 
 
Rosemere moreira
-1 #10 Rosemere moreira 28-01-2013 19:10
Acho que chegamos a conclusão que a melhor prevenção é que devemos aprender tudo que é importante para nossa vida e esta questão de incêndio deve ser ensinado desde de quando iniciamos o nosso aprendizado. assim evitaremos uma tragédia dessa natureza. educação e respeito quando falamos em VIDAS
é o melhor caminho para evitar grandes acidentes.
 
 
IVALDO
-1 #9 IVALDO 28-01-2013 18:19
ENQUANTO AS PESSOAS NÃO MUDAREM DE ATITUDES, VISÃO, COMPORTAMENTO, EM RELAÇÃO A SEGURANÇA, BURLANDO E ACHANDO QUE ESTÃO LEVANDO VANTAGEM (ENTRE ASPAS) E NÃO SE CONCIENTIZAR EM INVESTIR EM SEGURANÇA PENSANDO QUE NUNCA VAI ACONTECER OS ACIDENTES...IRA M SEMPRE COLOCAR VIDAS DE PESSOAS INOCENTES EM SITUAÇÃO DE RISCO. VAMOS ADOTAR ESSA PALAVRA " PREVENÇÃO"...