Problemas e Conflitos Ambientais Atuais

Estamos vivendo em uma época de grandes problemáticas ambientais, seja pela falta de gerenciamento de resíduos sólidos, poluição atmosférica, contaminação do solo e outras questões relativas a mudanças climáticas.

Esses eventos começaram a acontecer em outras épocas, situações diferentes, economia diferenciada, necessidades menores, pois a população mundial era em menor escala e produziam o que consumiam. A maneira de se resolver conflitos era outra, pois o poder se detinha nas mãos de poucas pessoas.

Contudo, o que aconteceu no passado nos trouxe consequências, nos encontramos em uma sociedade mascarada, tentando minimizar essas consequências que são resultados da inexistência de planejamento ambiental naquela época.

A gestão de resíduos sólidos que hoje é tão discutida levou anos para ser sancionada e nada mais é do que trabalhar o problema e não solucioná-lo na fonte, pois se de um lado essa gestão está sendo discutida, por outro o marketing que leva as pessoas ao consumirismo exagerado, abusa do apoio que tem por todos os lados.

A poluição atmosférica tem se agravado a cada instante, indústrias funcionam 24 horas por dia, os automóveis estão se intensificando a cada mês e a emissão de gases poluentes aumentando cada vez mais, criando novos elementos químicos que são desconhecidos a nível científico e prejudicando a saúde humana com problemas respiratórios.

O uso inadequado do solo provoca contaminação, infertilizando-os, descaracterizando suas propriedades naturais, polui os lençóis freáticos causando problemas de saúde pública.

Estima-se que um terço da população mundial não possui saneamento básico.

O caos planetário está ditado, o mundo sofre com as mudanças climáticas, países sofrem com tsunamis, tremores de terra, enchentes, secas, economia comprometida, agricultura restrita e desenvolvimento social são severamente agredidos.

A ideia que os recursos naturais são infinitos ainda persistem até hoje, as pessoas vivem como se os recursos nunca fossem acabar.

A moda da sustentabilidade não atinge todas as classes sociais, a educação ambiental não é aceita por uma sociedade egoísta e consumirista.

É válido lembrar que o meio ambiente não se refere apenas as áreas de preservação e lugares turísticos, mas sim a tudo que nos cerca: água, ar, solo, flora, fauna, homem etc. Cada um desses itens está sofrendo algum tipo de degradação.

Várias são as leis e normas que definem Meio Ambiente, mas em um termo redundante, meio ambiente é tudo que nos cerca, suas influências, intervenções e impactos, positivos ou negativos.

E tudo isso tem como grande responsável o homem, em sua interferência antrópica. O progresso e desenvolvimento devem acontecer, porém com ordem e respeito a capacidade do planeta de assimilar o consumo com renovação ambiental.

A preservação do meio ambiente depende de todos: governo, educadores, empresas, Organizações Não-Governamentais (ONGs), meios de comunicação e de cada cidadão. A educação ambiental é fundamental na resolução desses problemas, pois vai incentivar os cidadãos a conhecerem e fazerem sua parte, entre elas: evitar desperdício de água, luz e consumos desnecessários (REDUZIR, REUSAR e RECICLAR), fazer coleta seletiva, adquirir produtos de empresas preocupadas com o meio ambiente, cobrar as autoridades competentes para que apliquem a lei, tratem o lixo e o esgoto de forma correta, protejam áreas naturais, façam um planejamento da utilização do solo, incentivem a reciclagem entre outros.

Veja a apostila abaixo. Nela você encontra esse tema de DDS para você salvar e imprimir e mais diversos temas relacionados a Meio Ambiente.

Temas sobre Meio Ambiente Vol. 2

Por apenas R$ 27,99

Compre Agora

Obrigado por comentar.

Comentários   

 
francimar
+2 #2 francimar 27-04-2012 11:21
:sad: vamos nos preocupar com meio anbiente tentando reduzir o lixo e reciclar ,para que nao fique assim ;
 
 
Joaquim
-1 #1 Joaquim 26-04-2012 11:34
Muito boa essas DDS eu estou no primeiro ano de gestão ambiental, e está sendo muito bom ler estas DDS Muito obrigado!